FANDOM


Luca Brasi.png
Luca Brasi
INFORMAÇÕES
Nascimento 1894[1]
Rhode Island, EUA
Morte Dezembro, 1945[2][3]
Manhattan, Nova York
Sexo Masculino
Afiliação Gangue de Luca Brasi
Família Corleone
Título(s) Executor
Interpretado por Lenny Montana
Gary Chalk (voz)
"Don Corleone, sinto-me honrado e grato por ter me convidado para sua casa hoje, no dia de seu casamento de sua filha... e espero que seu primeiro filho seja uma criança masculina."
―Luca Brasi[fonte]

Luca Brasi foi um dos mais confiáveis ​​executores de Vito Corleone. Fluente em italiano e capaz de cuidar de si mesmo em qualquer luta, ele tinha uma reputação sombria entre o submundo como um assassino selvagem.

História

"Há homens neste mundo que andam pedindo para serem mortos. Eles argumentam em jogos de azar, eles saltam de seus carros com raiva, se arranha seu pára-choque. Essas pessoas vagam pelas ruas gritando "Mate-me, mate-me." Luca Brasi era um homem. E já que ele não estava com medo da morte, e de fato, procurou por para ela... Fiz-lhe a minha arma. Porque eu era a única pessoa no mundo que ele realmente não esperava que iria matá-lo."
Vito Corleone[fonte]

Nascido em uma família siciliana em Rhode Island, Luca teve uma infância infeliz devido a um pai alcoólatra que batia tanto nele que sua mãe decidiu que Luca tivera agressão suficiente e matou seu pai com um dois por quatro, logo após o homem violento ter induzido um aborto nela ao esfaquear seu abdômen. Logo depois, Luca matou um de seus vizinhos, o Sr. Lowry, empurrando-o para fora do telhado em vingança pelo homem engravidar sua mãe.

Recrutamento

No início da década de 1930, Brasi havia se tornado um temido executor de rua, um dos poucos homens que não atuavam acompanhados por uma gangue, ainda que às vezes se unisse a assaltantes e comerciantes como Luigi Battaglia

Por volta dessa época que ele conheceu Kelly O'Rourke, que se tornou sua namorada. Luca era incrivelmente possessivo em relação a ela (quase matando Tom Hagen por dormir com ela) e, por vezes, a espancava, mas também tinha um estranho e profundo afeto por ela.

No entanto, quando ela ficou grávida, Luca tentou forçá-la a fazer um aborto, o que ela recusou. No dia do nascimento de seu filho, ele forçou a parteira, Filomena, sob pena de morte, a lançar o seu próprio filho em uma fornalha, um ato pelo qual ela nunca se perdoou, descrevendo-o como um demônio profano naquela noite. Ele alegou que "Nenhum dessa raça deve viver." Era desconhecido se ele quis dizer que era porque a criança era metade irlandesa, nascido de uma prostituta, ou que era seu filho, e sentiu que ele estava fazendo um favor ao mundo através da remoção de sua linhagem a partir dele. Filomena estava relutante, mas Luca cortou seu braço com uma faca e, em seguida, ela obedeceu e jogou o bebê no forno, saindo às lágrimas da casa, em seguida. Filomena, depois, partiu para a Sicília, onde foi empregada por Lionele Tommasino. Kelly morreu naquela noite.

Depois daquela noite, Brasi permitiu-se ser preso, após tomar uma overdose de pílulas que o deixou com danos permanentes no cérebro, retardando o seu discurso e padrões de pensamento. Ele tentou se matar na cela com uma garrafa quebrada, cortando a garganta aberta, mas não morreu. Ao final ele foi resgatado da prisão por Vito Corleone, que viu Brasi como um recurso potencial. No entanto, depois de ouvir de sua prisão, a mãe de Luca cometeu suicídio.

A Lenda de Luca

Os contos das proezas de Brasi logo se tornaram lendas. Certo incidente contava que Brasi havia matado Benny Amato e Joey Daniello, dois capangas do Al Capone contratados para matar Don Corleone. Brasi os subjulgou, os amarrando e amordaçando sua boca com toalhas de pelúcia. Ele então varagosamente cortou Amato em pedaços com um machado. Quando voltou-se para Daniello viu que ele tinha tido uma colvusão e morrido engasgado com a toalha.

O talento de Brasi, dizia-se, era saber fazer tudo sozinho, sem necessitar de capangas o auxiliando. Como ele também não deixa testemunha alguma, torna o crime quase insolucionável. Ele também é conhecido por matar, em duas semanas, seis homens que tentaram matar Don Corleone em um festival. Um deles havia conseguido pôr o Don no hospital, o que provocou a ira de Brasi, que teria ido mais à fundo se não fosse pelo Don, recuperado, mandar que parasse. Essas seis mortes deram fim à famosa "Guerra do Azeite de Oliva". Sua fanática admiração pelo Don Corleone era inquestionável, e contava-se que ele havia matado um Soldato da família Corleone por ter feito a família parecer má. Brasi declarou que certamente se mataria se traísse Don Corleone. Desde que Vito era o único que faria Brasi parar uma matança, tornou-se um Don mais difícil de se matar do que os demais.

O Casamento

No casamento de Connie, Michael Corleone explica para sua namorada Kay Adams, a história de como Don Corleone ajudou seu afilhado Johnny Fontane. Michael explicou que seu pai foi pedir ao líder de uma banda, Les Halley, que livrasse Johnny de um contrato pessoal que estava barrando sua carreira como cantor. Depois de recusar uma oferta de $10,000 Don Corleone retornou no outro dia com Luca Brasi e dentro de uma hora o líder da banda livrou Johnny do contrato por uma segunda oferta de $1,000. Luca Brasi havia pressionado uma arma contra a cabeça do líder da banda e Don Corleone lhe assegurou de que ou seu cérebro ou sua assinatura estariam no papel.

Brasi não esperava ser convidado ao casamento da filha de Don Corleone, desde que normalmente evitava contato público com o Don para evitar que manchasse sua imagem. Luca estava muito surpreso e grato quando recebeu o convite, e passou bastante tempo pensando em como agradecer ao Don. Ele deu uma grande soma para a bolsa de Connie, que foi maior do que a dada por qualquer outro no casamento. No casamento, ele agiu bastante estranho, recitando sozinho o que iria dizer ao Don.

Tarefa Secreta

"Eu estou um pouco preocupado sobre esse Sollozo. Eu quero que você descubra o que há embaixo de suas unhas. Vá aos Tattaglias, faça-os pensar que você não está tão feliz com nossa família... descubra o que puder."
Vito Corleone[fonte]
Luca 2.png

Luca Brasi antes de partir em sua tarefa secreta.

Pouco antes do Vito Corleone ser baleado, Brasi foi chamado pelo Don, que pretendia investigar o mafioso Virgil Sollozzo e os Dons inimigos usando Brasi como um agente duplo. Luca visitava o clube noturno de Bruno Tattaglia, eventualmente indo para cama com algumas de suas garçonetes e reclamando de não receber dinheiro, sabendo que eventualmente isso chegaria até Bruno. Quando Bruno oferece uma reunião, Brasi vai vestindo um colete à prova de balas.

Assassinato

"É uma mensagem Siciliana. Significa que Luca Brasi está dormindo com os peixes."
Peter Clemenza[fonte]
Luca 3.png

Luca Brasi sendo garroteado.

Luca orgulhosamente dá voz à sua lealdada para com Sollozzo em busca de um acordo, dizendo que nunca iria contra Don Corleone, que é um homem que ele respeita. Sollozzo, depois de prometer amizade, um emprego e $50,000, enfia uma faca na mão de Luca, prendendo-a ao bar enquanto um assassino o garroteia por trás. Com Brasi morto, os homens de Sollozzo estavam livres para efetuar um ataque contra a vida de Don Corleone sem medo de que Luca Brasi os matasse depois. Depois que Vito é baleado, Sonny e o resto dos Corleones falham em contatar Luca, mas acham que isso significa que ele já está em busca de revanche, e Sonny sente-se confiante de que os quase-assassinos de seu pai logo serão mortos. Uma mensagem Siciliana é enviada mais tarde à família Corleone: um peixe envolto pelo colete à prova de balas de Luca. O significado é claro para os Corleones: "Luca Brasi dorme com os peixes."

O papel de Brasi como executor e guarda-costas pessoal do Don é posteriormente preenchido por Al Neri. Tom Hagen uma vez disse à Michael, após o término do treinamento de Neri: "Bem, agora você tem seu próprio Luca."

Personalidade

Luca havia mostrado ser do tipo "forte, silencioso", como falava muito pouco. Quando o fazia era ou para Don Vito, sua família, ou em um trabalho que lhe requeria que falasse. Ele também era bastante sádico no que dizia respeito a matar, tendo jogado um bebê, de uma mulher que impregnou, em um forno. Ele era forte mas também precavido, carregando um colete à prova de balas consigo para todo lado. O que seria inútil quando foi garroteado por trás. Ele não era tão brilhante, porém, tendo que frequentemente ensaiar o que iria dizer a alguém antes de fazê-lo.

A família Corleone pareceu sugerir que Brasi era bem inteligente, antes que sua tentativa de suicídio lhe causasse dano cerebral. Essa é uma tentativa de unir o Luca Brasi do livro com o do filme.

No Videogame

Luca 4.png

Luca Brasi no videogame.

No jogo, Luca Brasi recruta Aldo Trapani, filho de um executor chamado Johnny Trapani, como seu protegido, e tem Trapani o acompanhando no caso das coisas tomarem rumos violentos. O assassinato de Luca é vingado por Aldo Trapani, que não consegue relatar a morte de Luca até a manhã seguinte.

No segundo jogo, o velho apartamento de Luca é usado como um esconderijo para Dominic, um executor Corleone, e mais tarde por Vincenzo Pentangeli enquanto esperava o julgamento de seu irmão Frank.

Influências

Luca Brasi é baseado em Willie Moretti, que alegadamente ameaçou um líder de banda para livrar Frank Sinatra de maneira similar à que Brasi ameaçou Les Halley para liberar Fontane. Moretti também era o braço forte de Frank Costello.

Nos Bastidores

Enquanto Luca é frequentemente taxado como apenas executor, o livro o decreve com mais poder e imposição. No livro, Brasi e Al Neri são caracterizados como "especiais" e mais confiáveis, mais leais, os membros mais fervorosos da família. Depois do atentado à Vito, até Sonny dá voz à sua preocupação com o sumiço de Brasi.

De acordo com A Volta do Poderoso Chefão, foi Luca Brasi que invadiu a mansão Woltz, decapitou Khartoum e a colocou na cama de Jack Woltz.

Enquanto no filme ele é descrito como alto e impositor, o romance descreve-o como uma pessoa pequena e atarracada, embora incrivelmente forte e com um temperamento horrível.

Lista de Referências

  1. The Family Corleone
  2. O Poderoso Chefão (livro)
  3. O Poderoso Chefão (filme)

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória